Domingo, 4 de Novembro de 2007

Upsss...

Speed by: Gata

 

- Ups!

Uma gota de chocolate na camisa branca….


- Tens que despir. Regras da casa.

- Regras da casa? É? pergunta ela


E deixa cair lentamente uma gota de chocolate nas calças dele.


- Tens que despir. Regras da casa.


E ele vira-se, de frente para ela, pousa a chávena sobre a lareira acesa, desaperta o cinto sem desviar o olhar do dela. Sorriso trocista, olhar de fogo, desaperta lentamente cada botão, ao ritmo de pequenas dentadas nos lábios, de movimentos quase imperceptíveis, de tão sábios. E as calças repousam em cima do sofá…

E sem desviar ainda o olhar, desaperta o primeiro botão da camisa dela.


- Espera.


Ela pousa a chávena na mesa baixa, recua dois passos, vira-se de frente para as vidraças da sala. Desabotoa lentamente cada botão. Vira-se. Deixa a camisa deslizar lentamente pelos braços, sacode os punhos, junta a camisa às calças. Procura o olhar dele sem pressas, agarra na chávena e, sem hesitar, mancha a camisa, devagar…


- Estamos a jogar?

- Não. Ainda não. Despe!


Ele despe, mais uma vez sem desviar o olhar, seguro, de movimentos lentos, a provocar. E fica nu, perante o olhar incrédulo, e a sorrir sem parar.

Tenta agarrar a chávena. Mas ela é mais rápida. Nova gota de chocolate. No ombro.

A deslizar. Lentamente.


- E agora? O que mandam as regras da casa fazer?

- Limpar.


Ela aproxima-se. De bicos de pés, encosta as mãos ao peito dele, lambe o doce devagar. Saboreia o chocolate que o calor da pele derrete, o cheiro. O sabor dele…

Retorna ao lugar. Fita-o. Lambe os lábios devagar….


- Hummmm.


Ele torna-se maior. Evidente. Macho provocado. Responde presente!

Ela segura o chocolate….deixa cair uma pinga. Na própria barriga.

Ele aproxima-se e sem uma palavra, começa a limpar. O cabelo dele roça-lhe os seios. Tudo cresce. O calor naquela sala, a tensão, os seios fartos dela.

 


Chocolate na saia. Ela volta par a janela. Tira a saia de costas para ele. Com movimentos cadenciados, de quem está a dançar. Encosta o corpo ao vidro frio, chocolate na nuca, a derreter devagar…

Mãos másculas por cima das suas, um corpo que a esmaga e aquece, e no contraste do corpo quente e do vidro frio estremece. E a boca gulosa chupa o chocolate que derrete e todos os aromas daquela pele que desconhece, mas que deseja, oh! Se deseja! Deseja cada milímetro de pele dourada, cada toque dos lábios carnudos, cada marca das unhas de gata! Mas contenta-se, por agora, com a doce e grossa gota de chocolate. E em fazê-la rodar, tê-la de frente para ele, e deixar o chocolate deslizar, sobre os seios, devagar.  Hesita.


- A regra mantém-se…


E enfia os dedos no cabelo dele, aproximando-o de si.

E aí….a língua dele quente como fogo, em movimentos compassados lambe cada gota de chocolate derramado, cada salpico, cada marca invisível, chupa lentamente cada mamilo oferecido, com agrado.  E num gesto brusco encosta-a às vidraças, derrama todo o chocolate da taça! Prende-lhe o cabelo com as mãos dela e abre as portas do jardim, deixando entrar o ar gelado da noite de Outubro e ainda um vago cheiro a jasmin.


- Por favor, não te mexas.

 

A sala fica à média luz, ouve-se lenha nova a crepitar na lareira, e acordes distantes, de ritmos extenuantes de além fronteiras.

O chocolate frio arrepia-lha a pele, e o seu corpo reage sem demoras a tal. Ele chega de copo na mão, brandy, pelo cheiro, que saboreia devagar enquanto o frio provoca um estranho prazer, sob o fogo quente daquele olhar.

 

E percorre-lhe o corpo com o dedo, espalhando chocolate, em trilhos secretos. Afasta-lhe as pernas, cobre-lhe os lábios, e começa a saborear…

 

As mãos sempre no vidro, sem nunca lhe agarrar, num beijo de lento desejo, latente luxúria, promessas de voar, um beijo de sabor intenso, de cacau, de sabes que te vou amar, que te quero como nunca, que não te posso deixar, que do sabor da tua pele não me posso alhear, por mais que te cubra de chocolate, és tu quem estou a saborear….

 

Descendo até ao umbigo, e cada vez mais devagar, em movimentos intensos, sem nunca parar, passar a fronteira do jogo, deixar-se mergulhar, numa cascata de sabores exóticos, aromas eróticos, a palpitar.

 

- Hummmm…

- Segunda regra. Não podes falar.

 

O corpo vibrante, sequioso de carícias, recebendo cada toque como uma tortura ou delicia, preso à vontade de uma boca, de onde sai de vez em quando uma voz rouca,

Palavras indecifráveis, beijos lentos, longos e memoráveis, encostado à vidraça, de repente arqueia e se afasta e grita

 

- Não posso mais! É agora, está na hora, vem!

 

Ele vira-a, devagar, os seios presos nas mãos, encosta-a de novo à vidraça, procura o seu corpo e nele se encaixa e ao levantar os olhos encontra na relva, um par de gatos sentados, de mão dada e expressão deliciada, a olhar…

 

 

 

 

Nota importante : Não se aceitam reclamações e, sequelas, só mediante negociação de honorários (que incluam toneladas de chocolate da minha marca!)


 

Next Speed: Dumal

 

Nota importante :

Procura-se protagonista para a realização deste guião. Todos os interessados deverão verificar se reunem as condições exigidas no comentário da Ki e deixar comentário com um e-mail de contacto. (Só assim poderemos certificar-nos que preenchem todos  os requisitos.)    

Obrigada

 

Nota Importantérrima: A Gata oferece prémio a quem adivinhar!!

Muahahahahahahah!!


Speed by Lazy Cat às 05:00
| Speeds
56 comentários:
De Sonhador de Alpendre a 4 de Novembro de 2007 às 08:44
Fantástico... Que se pode dizer a esta hora da manhã a ler um texto destes sem chocolate por perto...
É daquelas receitas que apetece logo. Apetitoso, envolvente, excitante, poético... hummmm.
Nesta senda de textos mais ou menos achocoladados, mais ou menos quentes, este faz suar, não sei se é da lareira, se é do chocolate se é que ninguém diria "Falta" ninguém ficará indiferente ao saborear este texto.
Vou já comprar chocolate...

sonhos hummm...(idos)

Ps: O casal de gatos vouyeurs lambia-se por certo na expectativa de uma gota de chocolate perdida...


De tugafixe a 4 de Novembro de 2007 às 12:00
Segunda regra: Não se pode falar.
Mas também não são precisas palavras. Soberbo!

Beijocas!


De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 15:43
Não?
ah!
Então não!

Beijo. Só um que o menino é forreta!!!



De KI a 4 de Novembro de 2007 às 17:19
Oh Tuga ai são são, precisas palavras não tem é que ter som... lol

Vou-me já daqui q esta música desbirutila-me os neurónios que saltitam com se se quisessem catacumbar...

Sem beijos à conta de ontem!!


De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 15:42
Sonhador... sonhos idos??
Hummm!

E ninguém fica sem chocolate em casa! Fica?
É bom que não o deixe acabar....

Beijos e lambidelas.



De KI a 4 de Novembro de 2007 às 17:17
Daddy apetece-me brincar com as suas palavras finais... creio que os gatos ou procurariam o que disse ou então: uma gata perdida por chocolate lol.

E ás 09.00 já estava perto da mercearia do tio Anacleto a ver se ele abria a portinha pra lhe vender uns saborosos 'nestlé'? Ahahahahahahah!!

sonhos doces


De KI a 4 de Novembro de 2007 às 17:11
Uauuuuuuu gata....

Sublime arte das palavras. Um jogo perfeito de sentidos que se vão despertando num querer mais, a quebra da segunda regra por limite do saborear . Sorrisos de quem sabe esperar e aprecia os contrastes aceitando um dominador...

Em cada avanço o cuidado do ritmo e a provocação das palavras dele em contrapartida à entrega dela.

Os gatos... correram a comprar chocolate... ou ficaram assistindo cúmplices à 'entrega do prémio'?

Apreciava realizar esse guião, o cenário consigo visualizar e recriar cada pormenor, se encontrares o protagonista que tenha na memória guardada uma mordidela com sabor a ... aos meus bombons preferidos - há que limitar o universo - creio que será possível 'jogar' com essas regras... possivelmente invertendo posições...

Ahhh...sequelas... eu sei que marca tu gostas, vou-te subornar!! Para me contares o que se passou para lá das janelas, enquanto o fogo teimava em queimar...


Beijos e boas madrugadas !

! e bons adversários...|



De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 21:17
Um protagonista?
Não basta ter que escrever um seguimento
(se souberem subornar-me, que isto de encher o mail da gata de fotos de chocolates diversos não dá) ainda tenho que arranjar protagonista??

Um protagonista vele muito mais chocolate que uma sequela...não vale??

Vamos lá tratar desse assunto.




De KI a 4 de Novembro de 2007 às 21:36
Tu és má! Não!! Tu és péssima!!! Mas nem comento...


De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 21:43
A menina é engraçada!
Eu sou má. Obriga-me a escrever, pede sequelas, pede protagonista, põe-se com exigências "à la Diva" e eu sou má?
Achas que os gatos capazes de recordar uma mordida dessas e de entrar na brincadeira são muitos?
Pois fica sabendo que duvido! Vão passar, caladinhos que nem uns ratos!
Mas alguém se há-de lembrar! E descobrir os teus bombons preferidos....e aí....Hummm!


De KI a 4 de Novembro de 2007 às 21:47
E aí... nhokt!!


|à la Diva?? ohhh.... |


De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 21:53
nhokt???

Lamento, não percebemos linguagem de Diva.
Poderia ser mais explícita, por favor?


De KI a 4 de Novembro de 2007 às 21:57
Uma Diva tem manias, eu tenho exigências logo é dissemelhante!! Além disso são apenas requisitos se n existissem requisitos era tudo ao molho e fé em Deus e um jogo sem regras n é jogo é anarquia.


Nhokt = Mordida!!


Cumps.


De Farao das Areias a 4 de Novembro de 2007 às 21:43
Impressionante o texto, a fantasia, o enredo e o xeque.mate.. Foram criados os factores necessários a que surjam tempestades nas miragens dos sentidos. Quanto a estar interessado nessa proposta de realização e protagonismo o meu ego até ulula de vontade mas sendo a realizadora quem é, mumifico-me sem pretender incluir-me nesse filme. Curta ou longa metragem? Filme mudo? Musical, western ou drama? Ahhh pelo descrito parece-me mais Acção. Até porque não tenho e-mail.

Inolvidáveis pormenores...


De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 21:44
Chicken!


De Farao das Areias a 4 de Novembro de 2007 às 21:45
Yes you are. If you think so...


De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 21:48
I'm sorry dear. Cats don't turn into chicken.
And I'll think so, until you show me you aren't....

Brave Faraó....


De Sonhador de Alpendre a 4 de Novembro de 2007 às 22:25
A menina Gata deve adorar Lindt talvez de leite ou então recheado com Pistache. Será?

sonhos confiantes na sequela


De Sonhador de Alpendre a 4 de Novembro de 2007 às 22:51
E a Ki deve ser rapariga para se lambuzar com um Mon Chérie.... Será?

Sonhos com sequelas



De DArcangelus a 4 de Novembro de 2007 às 22:54
Belo conto, dentro daquilo a que me habituei a ler neste espaço, do qual sou frequentador assíduo. Doce, sensual, provocador e ao mesmo tempo tão revelador de novas formas de servir o chocolate.
Podem-me informar onde obtenho essa marca? Já agora, relativamente a protagonistas, não que goste de entrar em listas e também não sou especialmente guloso (refiro-me ao chocolate) mas...creio que as gatas têm gostos refinados, por isso inclino-me para Toblerone (Gata) e... Mon Chéri (Ki).
Mas atenção podendo até ter acertado a minha participação como protagonista fica sempre pendente de quem for a protagonista feminina. Sim porque um Mestre não dá aulas a qualquer pessoa, por muito atraente que possa ser...


De mnike30 a 4 de Novembro de 2007 às 23:19
Olha gata, devias ter experimentado barrar com After Eight.
Não é que eu tenha experimentado já mas, chocolate derretido com cheiro a mentol deve saber melhor (penso eu).
Esta casa tem regras??? Hummm, pareceu-me que andaste a "brincar" com M&M's...
Ki, sabes como é que eu gosto de comer os Mon-Chéri? Abro-os e lavo-os... lol


De KI a 4 de Novembro de 2007 às 23:52
Mentol n me parece nada bem, até porque soprando fica g -e-l-a-d-o-.... medo, muito medo!!
brincar com M& M's a Gata?Naaaa tenho a certeza q n porque n há M& M's cor-de-rosa Muahahahahahah!!

Pobres bombons lavados, com a língua? Ahahahahahah como eu estou terrível! E a tua sugestão?


De mnike30 a 5 de Novembro de 2007 às 08:04
Bom dia Gata,
Achas mesmo? Por acaso não concordo nada contigo. Uma sensação de frescura no meio de tanto calor até que sabe bem... refresca o ambiente.
De facto, não me lembro de M&M's cor-de-rosa, mas os Smarties...
Espero que não tenhas nada contra os Smarties, até mesmo como os M&M's... olha que eu sei que os gatos gostam de brincar com coisas redondas (eu até ía escrever "com bolas" mas não quero que me intrepretes mal!)
Olha, cá para mim o rosinha foi só para enganar, tu andaste foi para aí a "rolar" com um Ovo Kinder!
Protagonistas?
Xa cá ver...
O Willy Wonka que tem uma fábrica... dar-te-ía chocolate da cor, da forma e do sabeor que tu quisesses. Ou então o... Pai Natal, esse traz sempre o saco cheio (inclusive de chocolates).
Gotta go, mas tb não me ocorre mais nada.
Jinhos


De Lazy Cat a 5 de Novembro de 2007 às 09:35
A menina dormiu??

Sonhou com chocolates??

Beijos com sabor a....chocolate!




De mnike30 a 5 de Novembro de 2007 às 22:04
Se dormi?
Dormi pouco se queres saber, o café não me faz nada, mas tanto chocolate tira-me o sono!
Quanto a sonhos, só com chocolates nacionais, não sei se me fizzzzz entender! (espero bem que não!)
Beijinho


De Lazy Cat a 5 de Novembro de 2007 às 23:28
...mas acredita que sim!

beijos...que eu n sou forreta!!


De Marta a 4 de Novembro de 2007 às 23:20
Estou extremamente proibissima de comer chocolate. A última emborgada foi tão grande que parti o braço e andei 4 semanas a gesso. A Exa Ki deve lembrar-se...

Mas que filme, poça...


De KI a 4 de Novembro de 2007 às 23:54
Apanhas barrigadas dessas e depos kaput ficas a águinha e doces nem ver! N vou ser inconveniente a contar esse episódio recambolesco eheheheheh!

Falta a película com o protagonista lá dentro pra desembrulhar!! la la la la la!


De Lazy Cat a 5 de Novembro de 2007 às 00:57
Esse chocolate estava falsificado?
Ou tinha um recheio, assim, humm, pois....

tinha??



De tugafixe a 4 de Novembro de 2007 às 23:32
Passo a vez!
Até porque só aceitava com quem me acompanhasse no por-do-sol na praia!

Mas arrisco nos Ferrero Rocher.

Beijinhos


De DArcangelus a 4 de Novembro de 2007 às 23:38
Desculpa tugafixe.....mas sendo ferrero rocher, será que o tal protagonista da dentadinha com sabor é o ...Ambrósio???!!!


De KI a 4 de Novembro de 2007 às 23:59
DArc , Mestre pa isto vais er um dois em um:

Qt a protagonismos n te preocupes, põe-te quedo é mesmo só pra quem adivinhar e guardar memória duma dentadinha doce com o sabor desses bombons, que isto n vale adivinhar só a marca! O Ambrósio tb tá fora que eu n aprecio homens que queiram parar pra comer, ora essa!! Mas se 'tomarem a liberdade de pensarem em algo...'

Bom ver-te por aqui <:)


De Mestre a 5 de Novembro de 2007 às 00:15
Como??..não é para lamber o chocolate????
Pensar toda a gente pensa....agora tomar a liberdade de fazer algo...
Beijos Ki


De Lazy Cat a 5 de Novembro de 2007 às 00:51
fazer algo?
pode tomar a liberdade, com certeza.
Adivinhar. Acertar. E levar o prémio!!

Tome a lierdade.....caro Mestre!


De Mestre a 5 de Novembro de 2007 às 00:58
Cara Gata, quanto a adivinhar e acertar ainda me arriscava, o problema seria levar o prémio...antes de me meter em enrascadas gosto muito de saber o que ganho, até porque imagine que o prémio é a menina do chocolate? Em pouco tempo estaria gordinho e com problemas de diabetes.....e eu nem gosto assim tanto do chocolate....


De Mestre a 6 de Novembro de 2007 às 01:06
Liberdade não tomava, mas um bocadinho desse chocolate até calhava bem...ainda sobrou algum?
Beijos Gata


De Lazy Cat a 6 de Novembro de 2007 às 14:10
E eu lá sou gata para desperdícios.
Nem gota, nem pinga, nem vestígios!!!!

Beijos? Hummm...sem chocolate e sem saber qual é?? pois!




De Mestre a 6 de Novembro de 2007 às 22:17
Ah!!! Então a protagonista deste "doce" está encontrada, eras tu Gata!!!!
Quanto aos beijos...prefiro os naturais do que os disfarçados com "doçura" de chocolate, mas visto que não os queres...
Quanto ao chocolate, não te vou oferecer mais, creio que deves ter comido bastantes, afinal não sobrou nem vestígio...lol

Ah, e a marca.....chocolate suíço, o teu preferido...Lindt.


De Lazy Cat a 7 de Novembro de 2007 às 18:47
Se bem me lembro os gatos estavam do lado de fora.......



De KI a 4 de Novembro de 2007 às 23:55
Tuga larga de lamechice choc é choc por do sol é por do sol please!!

Ferrero? Iakt q enjôo!!!!

Kiss.


De Lazy Cat a 5 de Novembro de 2007 às 00:55
Insert coin
and
Try Again.

...e não sabes qual é o prémio.....


De Marta a 5 de Novembro de 2007 às 00:12
o protagionista? é o pinto da costa.Passa para cá o premio que tenho de ir para os lençois. A gente trabalha de manha cedo cá no campo, semear batatas e tal..

ó ki tu tás electica hoje. heheh, que marca de chocolate é essa? ah nao digas,nao digas..

tenham uma noite de espanto!


De Lazy Cat a 5 de Novembro de 2007 às 00:31
teremos!!!
Sonhos de ....chocolate!!!!!!!!!!


Speeds

.Racers

.Speeds

. é!

. Upsss(II)

. (RE)ENCONTRO

. Toque de Midas

. Uma noite. Um olhar.

. Revenge

. SONATA AO LUAR

. Assunto encerrado !

. Tortura

. Sal na boca...

.Slow Motion

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Long Roads

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Breaks

 

.Fingers & Fire

 

 

 

… do frio

Frio?

frio tem remédio.....

any idea?

lots

such as....

such as....

pois... não estou a ver....

undressing slowly ...by the fireplace

no lights, only candles

mmmmm

sounds tempting

does it?

mmmmmmm

so far

music?

you're choice....

does it matter ?

it does, if I'm supposed to undress for you

nesse caso.....

a do video .. de hoje

(ando a fugir dessa música há semanas)

mas ok

já começou ?

 

Vai começar agora…

senta, sentas?

assim no braço do sofá....

enquanto chego à lareira

e solto o cabelo, para começar....

e sorrio e fico à espera

a musica é tua,

podes mandar

   mmmmmmmm

 

mandar ou...

levantar ?

 

decide tu....

 

e passo-te os dedos ...

por onde sei inventar.....

e sinto-te a pele ... a querer respirar

e vindo do nada... caminham para o tudo

onde as coisas acabam

onde as coisas começam....

 

onde se abraçam olhares

e se quebram promessas

 

e num frio de repente sinto escorregar

e entram momentos

que não vimos chegar....

e nos dedos perdidos.....

na vontade de voltar

 

dançam corpos em sombras incandescentes

em gestos lentos, em voz de arfar,

em cores esculpidas,

entre mãos perdidas,

em mares de quereres

e vontades contidas

 

e de repente .... tocou o telefone

e saímos a correr!

a casa não era nossa

don't!

e os da agência estavam sempre à espreita

lol

srry

é este meu lado do nonsense

que me assalta sem aviso

onde iamos?

o que estávamos a fazer?

 

 

onde?

queres saber?

íamos onde te puxo devagar

e desço pelo teu peito em beijos de molhar

em dentadas de beber e saborear

em mãos que te enlaçam, lábios que te procuram

e não se deixam provar

mmmmmmmm

em corpos que se encostam,

se procuram e se enroscam,

como gatos a sonhar

em sentir que despertas,

que a roupa te aperta....

que não queres esperar

em afastar-me sorrindo,

mandar-te um beijo e indo

para casa descansar!

 

boa?

...Hummmmmm....
Nova página 1

Humm… Quando de lábios te exploro e te mordo devagar, digo que te adoro, que te quero, que não posso esperar, quando a música nos toma, se faz nossa dona e nos obriga a dançar, quando somos só um, e a terra a girar, quando escrevo o que sinto e te deixas amar...

Nova página 1

 

Quanto me entendo contigo e te sinto como abrigo, e me revejo nos teus beijos e juntos criamos desejos...Quando  dançamos os dois sem amanhã nem depois, encontro-me no teu olhar, sentimos o ritmo que nos faz dançar... Quando as palavras se calam e só os sentidos falam...