Sábado, 3 de Novembro de 2007

Des|a|tino


Speed by: Op.Louca


Foram vadiar pela madrugada que acordava, iam sozinhas sem destino, pararam na praia para escutar as ondas do mar, saíram do carro, e resolveram sentir nos pés a humidade da areia, cheirar a maresia, escutar o vento assobiando por entre as rochas…Iam lado a lado num passo lento, até que uma delas resolveu procurar a mão da amiga…estava uma madrugada escura, com indícios que a tempestade se aproximava, Ana ao sentir a mão de Cristina procurando a dela, sentiu seu coração palpitar, desde muito jovem que se sentia atraída por mulheres, mas nunca o tinha partilhado com alguém…


Cristina parou e ficaram frente a frente, Ana não conseguia sequer deixar soltar uma palavra, por sua vez Cristina foi-se aproximando um pouco mais dos lábios de Ana, largou-lhe a mão, deixando que ela se fosse passear lentamente pela blusa de seda de Ana, desabotoando-a sentindo a pele que se arrepiava ao seu toque, deixou deslizar os deditos atrevidos até aos seios de Ana, para os poder sentir rijos, nesse momento presenteou-a com um doce beijo…


Sentindo que Ana desejara o mesmo que ela, continuou beijando-a pelo pescoço até lhe puder sugar os seios, enquanto as suas mãos levantavam a saia que Ana trazia, num acto matreiro Cristina foi colocando seus dedos por dentro da tanga de Ana sentindo o mel que lhe corria, sentiu uma vontade enorme de sorver-lhe o mel, foi então que baixou lentamente a tanga de Ana e delicadamente passou-lhe a língua pela vulva fazendo com que Ana deixasse sair uns gemidos, repentinamente começou a chover, mas elas ali se deixaram ficar um pouco mais, a saborear aquele momento.


Cristina queria sentir os dois corpos sedentos de prazer, levantou-se despindo-se mesmo debaixo da chuva, e Ana achou que agora seria a sua vez de retribuir a mesma sensação de prazer que Cristina lhe tinha provocado..deitaram-se, deixando seus corpos nus rebolarem-se pela areia molhada, beijando-se sofregamente, mas a Ana era sacana, miúda endiabrada, e nada meiga…começou por mordiscar os lábios de Cristina com alguma força, deixando de seguida a sua língua atrevida e ansiosa por provar Cristina descendo até ao sexo enquanto as suas mãos marotas apertavam com força os mamilos endurecidos de Cristina…Como a fez gemer, os seus corpos enroscados sobre a areia, a chuva que nelas pousava como se de carícias se tratassem……( Querem provar??? ) Telefonem para Cristina  917189669 ...

 


Next Speed: Gata


Speed by KI às 01:21
| Speeds
46 comentários:
De KI a 3 de Novembro de 2007 às 01:30
Op. Op. se o Faraó aqui passa n sei n, ele n vai apreciar estes teus devaneios ao luar... sem o convidares... mas n esqueças onde fica essa praia, quem sabe as ondas contam segredos que não desvendaste... o número de telemóvel...curioso...já o tinha...quem sabe a Cristina poderá sussurrar o que tu não revelaste desta madrugada...

Mas entre montes e vales, curvas sinuosas tu conseguiste driblar este 'passeio'...


Beijos des(a)tinados <:)


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 01:37
Faraós e areias que n faltem!
Nem beijos sussurrados numa madrugada de areia e segredos de saias....

Ki! Tinhas? :( Hum!
:)


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 01:43
Tinha? Não... tenho!!! N me falte a rede... nem o trapézio looool!!


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 01:47
Sim....que não te faltem mesmo....um passeio destes é de tirar o chão debaixo dos pés seja de quem for.....


:)


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 01:53
|Des|equílibrio de acrobacias malabaristas como qualquer artista que seja versátil e goste de criar ilusões aos olhos de quem vê o que não é e percebe o que não vê.



De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 02:05
Em madrugadas de praia...não vou nunca querer saber de ilusões de malabarista! Depois disto não troco nada pelos gestos equilibrados de artista...debaixo do céu, telhado da pista, mãos de areia, estátua esculpida, o areal como pista...que circo Ki! Que artista!


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 02:08
Mas creio que um malabarista dentro de si tem um artista, que provoca sensações, doces e salgadas ilusões, seja na praia, no campo ou ao luar, debaixo das estrelas ou bem perto do mar, se a entrega é sentida qualquer pedaço de mundo tem alma e vida.

Arranhadelas!!!


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 02:11
Hummm! Venham elas!!


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 01:32
|Que raio de terminação tem esse número|


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 01:38
Gata distraída....só agora reparaste??
Nunca o usaste???



De KI a 3 de Novembro de 2007 às 01:44
Usei o?? Encriptas-me pah... Mais valia hieroglifos!!



De Op.Louca a 3 de Novembro de 2007 às 02:05
Ora, ora tem uma terminaçao como outra qualquer.. se bem que.... aiiiiiiiiiiiiiiiii nem me fales em 69 que me lembro de.... Xiuuuu!!!

Beijo-te com Lingua ; ))


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 02:09
Axacaboum e uma cuba libre!


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 01:41
MIAU!
MIIIIAUUUU!
MMIIIIIIIIIAAAAAAAAAAAAUUUUUUUU!

ADOREI.

Provar? Não sei....mas que deve ser uma fina iguaria...

Lambidelas OP. Lambidelas!


De Farao das Areias a 3 de Novembro de 2007 às 01:46
Onde quer q te leia nunca falas das nossas dunas, sempre de outras miragens... mas eu sei que sou eterno... e tudo o resto são tempestades de areia!!!

Beijos salgados!!


De Op.Louca a 3 de Novembro de 2007 às 02:02
Txéééé... ma kéké isto heim?!? Revolução?!? Tudo derivado ao meu Rico 69 ?!?

Ai ai ai ai ai o caracinhas já!!

Uiiiiiiiiiiiiiiiii...Lambidelas em Moi??!!?? Ai gata.. RommmmmmmmmrommmmmmmRommmm.... anda lambe, lambe que a tua lingua é macia... Ahahahahahahahah ; )



De Farao das Areias a 3 de Novembro de 2007 às 02:05
Humpf!!

Qualquer pessoa sabe que os gatos têm a língua áspera!!!



De Op.Louca a 3 de Novembro de 2007 às 02:07
Oh Faraó Meu Amor... Tu estás " Sumarento" ... mas áspera é a minha e tu nao te queixas ! ; )))

Anda ca que te Chupo Todinho : ))))))


De Farao das Areias a 3 de Novembro de 2007 às 02:14
Tu gostas de me provocar mas quem se catacumba só e tenebrosamente (esta fica bem) sou eu, e ouço os gritos do vento da saudade que sinto como se estivesse mumificado sem o saber.


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 02:08
Faraó das Areias...que o vento transforma em tempestade....lambidelas de gata são exactamente como elas quiserem, na verdade...


De Farao das Areias a 3 de Novembro de 2007 às 02:13
Cara Gata sabe o apreço que na minha terra têm aos gatos? São sagrados e !e|ternamente queridos, mas passeiam ronronantes e esquivos no silêncio das horas, quando chegam sempre querem partir...


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 02:20
Faraós feitos de areia não têm arranhadelas para repartir....vadiamos pelo mundo, secreto e profundo, entre lambidelas e arranhadelas...repartimos prazeres pequenos...eternamente queridos...eternos e sagrados segredos...


De Farao das Areias a 3 de Novembro de 2007 às 02:27
Faraó de Areia?!?! Acho que vou cortar os pulsos!!


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 02:30
e assim ficamos para a eternidade...juntos!


De Farao das Areias a 3 de Novembro de 2007 às 02:33
É do ar da alta madrugada, das fantasias das estrelas, quiçá das ondeantes dunas ou dos infinitos horizontes mas eternidade creio ser uma palavra que reserva um tudo e aparece do nada... piramidal miragem de ocasos!!


De mnike30 a 3 de Novembro de 2007 às 12:55
Olás,
desculpem lá a minha intromissão... mas é que, gostaria de dizer umas coisitas, se me derem licença!
Este texto é um tanto ao quanto um nada diferente do que tem aparecido por aqui. No entanto é um tanto ou muito igual em emoções e sensações.
Achei piada ao pormenor do telefone. Concerteza que a "Cristina" deverá estar já sem bateria... lol
1 Beijinho


De Op.Louca a 3 de Novembro de 2007 às 13:51
Olá...MNike30
Digamos que a Cristina continua com muita bateria..Aliás ela tem uma energia de bradar aos Céus.. Lol
Beijocas ; )


De mnike30 a 3 de Novembro de 2007 às 17:11
Dá para ver... é cada bradejo que se ouve ao longe... lol
Beijinhos


De tugafixe a 3 de Novembro de 2007 às 15:56
Sexy, sexy, sexy...e sexy!
Ufff! Gostava de assistir. Só assistir!

Qualquer dia temos que fazer uma patuscada com quem já escreveu aqui!

Beijos e abraços para todos e todas!


De mnike30 a 3 de Novembro de 2007 às 17:06

Tu querias assistir???
(caraças... deixa-me baixar este som...)
E patuscadas?
Só pensas em comida... És mesmo trengo!

Beijinho e abraço


De tugafixe a 3 de Novembro de 2007 às 17:55
Sabes! É que eu acho sexy 2 mulheres a beijarem-se!
Quanto á comida, até nem como muito. Uma tacinha de arroz e um bifinho de frango com cogumelos basta! Ou então um red fish com batatinhas assadas também marcha! Só depende da vontade!

Beijo enorme só para ti!


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 20:24
Beijinhos só para ela?
Porquê?



De mnike30 a 3 de Novembro de 2007 às 21:41
Porque sim!


De tugafixe a 3 de Novembro de 2007 às 22:07
Exactamente! Porque sim!


De mnike30 a 3 de Novembro de 2007 às 21:43
Às vezes, nem com muita vontade, as batatas passam na garganta...
Beijinhos tb só para ti!


De tugafixe a 3 de Novembro de 2007 às 22:09
Nem de propósito! O arroz ás vezes também fica no prato!

Beijo grande! (só para ti)


De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 20:22
Confessa!!
Confessa que ao escrever "Patuscada" o teu cerebro viu um imenso pick-nick na praia....ao romper da madrugada.


;)


De tugafixe a 3 de Novembro de 2007 às 22:05
Não! Nada disso! Vi um cesto de frutas numa praia ao por do sol!
Contudo, neste cenário só cabiam duas pessoas!

Mas era giro um convivio com a malta!

Agora sim, beijos e abraços para toda a gente!


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 22:26
Mnike e Tuga até acredito q a música vos desconfigure mas please...



De tugafixe a 3 de Novembro de 2007 às 22:56
What!!!???
A música tá muito bem. E o que quer dizer desconfigurado?


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 23:12
My friend queres mesmo q te expllique é q é desconfigurado?

Ok...

Desconfigurado é como tu ficas quando ouves uma certa voz e o coração te acelera no peito... desconfigurado é como tu ficas quando lhe tocas e já não consegues pensar em mais nada sem ser nela... desconfigurado é como tu ficas quando mergulhas na boca dela e as tuas mãos procuram mais além dos sentidos... desconfigurado é como tu ficas quando o teu corpo no dela se torna um só...

Desconfigurado... Tuga.... é com se fica a ouvir esta música e a recordar...

A ela a que me refiro é aquela a quem dizes 'amo-te' quando mais nenhum verbo encontras e mesmo assmi achas que 'amar' não diz o suficiente para o que tu sentes.... mas eu claro, afirmo o mesmo mas troco por um 'ele', ok??

Desconfigurado!!


De tugafixe a 3 de Novembro de 2007 às 23:17
Bolas! Xiça! Uffff! Caramba! Catano! Cum camandro!
Que agora quase que tinha um orgasmo!!!
Tu és mais terrível do que eu pensava!

Leva lá o beijo! Mas só um!


De KI a 3 de Novembro de 2007 às 23:43
Terrível e temível!!
Sabes lá..........



De Lazy Cat a 3 de Novembro de 2007 às 23:50
NÃO queiras saber.....

Beijo para a Ki??

PRONTO! BEIJOS DE GATA. Só para MIM!
LOL


De mnike30 a 4 de Novembro de 2007 às 00:47
Hummm... eu tou aqui... eu só leio!

Já desliguei o som e tudo... para ler melhor a explicação da Ki...
Mas, como é isso? O que é "expllique"? Isto sim, está desconfigurado...

Hummm ... beijos para todos (incluindo pati, Gata)


De Lazy Cat a 4 de Novembro de 2007 às 01:20
AH!
Vou-te poupar às arranhadelas!
E ao Tuga tb....só porque sim!
Até porque já me diverti bastante a arranhar hoje, em http://catacumbas.blogs.sapo.pt/

Beijos. Castos, chega de rebaldaria!


Speeds

.Racers

.Speeds

. é!

. Upsss(II)

. (RE)ENCONTRO

. Toque de Midas

. Uma noite. Um olhar.

. Revenge

. SONATA AO LUAR

. Assunto encerrado !

. Tortura

. Sal na boca...

.Slow Motion

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Long Roads

.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Breaks

 

.Fingers & Fire

 

 

 

… do frio

Frio?

frio tem remédio.....

any idea?

lots

such as....

such as....

pois... não estou a ver....

undressing slowly ...by the fireplace

no lights, only candles

mmmmm

sounds tempting

does it?

mmmmmmm

so far

music?

you're choice....

does it matter ?

it does, if I'm supposed to undress for you

nesse caso.....

a do video .. de hoje

(ando a fugir dessa música há semanas)

mas ok

já começou ?

 

Vai começar agora…

senta, sentas?

assim no braço do sofá....

enquanto chego à lareira

e solto o cabelo, para começar....

e sorrio e fico à espera

a musica é tua,

podes mandar

   mmmmmmmm

 

mandar ou...

levantar ?

 

decide tu....

 

e passo-te os dedos ...

por onde sei inventar.....

e sinto-te a pele ... a querer respirar

e vindo do nada... caminham para o tudo

onde as coisas acabam

onde as coisas começam....

 

onde se abraçam olhares

e se quebram promessas

 

e num frio de repente sinto escorregar

e entram momentos

que não vimos chegar....

e nos dedos perdidos.....

na vontade de voltar

 

dançam corpos em sombras incandescentes

em gestos lentos, em voz de arfar,

em cores esculpidas,

entre mãos perdidas,

em mares de quereres

e vontades contidas

 

e de repente .... tocou o telefone

e saímos a correr!

a casa não era nossa

don't!

e os da agência estavam sempre à espreita

lol

srry

é este meu lado do nonsense

que me assalta sem aviso

onde iamos?

o que estávamos a fazer?

 

 

onde?

queres saber?

íamos onde te puxo devagar

e desço pelo teu peito em beijos de molhar

em dentadas de beber e saborear

em mãos que te enlaçam, lábios que te procuram

e não se deixam provar

mmmmmmmm

em corpos que se encostam,

se procuram e se enroscam,

como gatos a sonhar

em sentir que despertas,

que a roupa te aperta....

que não queres esperar

em afastar-me sorrindo,

mandar-te um beijo e indo

para casa descansar!

 

boa?

...Hummmmmm....
Nova página 1

Humm… Quando de lábios te exploro e te mordo devagar, digo que te adoro, que te quero, que não posso esperar, quando a música nos toma, se faz nossa dona e nos obriga a dançar, quando somos só um, e a terra a girar, quando escrevo o que sinto e te deixas amar...

Nova página 1

 

Quanto me entendo contigo e te sinto como abrigo, e me revejo nos teus beijos e juntos criamos desejos...Quando  dançamos os dois sem amanhã nem depois, encontro-me no teu olhar, sentimos o ritmo que nos faz dançar... Quando as palavras se calam e só os sentidos falam...